sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

E os jornaizinhos universitários da POLI jamais foram os mesmos...

UM DESEJO SÓ JÁ BASTA


Estrelando Turbo e Cânhamo - Publicado no jornal do Centro Acadêmico do Curso de Engenharia Civil da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - CÊ-VIU, 1986







Veja aqui o final

Nada como ser amigo do rei, no caso, o Mauro, editor do jornal do Grêmio

4 comentários :

  1. Meu Deus, Aoki, não tô me aguentando, é que eu sou tão magrinho que quando rio demais meu peito chega a doer! Hahaha.

    Melhor parte: Quando o líder dos inimigos diz: "Pare! Focalize neste ponto!" Hauhauahauha, caramba, rio cada vez que leio. Ele age como se fosse uma informação importantíssima pra completar a missão, hahaha.

    EU quero ler mais! Seu blog serve de terapia não só pra você, mas pros outros também (bom, pra mim, pelo menos, haha).

    ResponderExcluir
  2. Agora imagina o barato de um quase-adulto de 19 anos, ainda meio bicho de faculdade (apesar de já estar lá há um ano), após escrever e desenhar uma historinha-brincadeira tão bem sucedida no quesito provocar reações bem-humoradas nos leitores... E bem feitinha, eu gostei!

    ResponderExcluir
  3. Faça uma putaria mais pesada, daquelas de histórias menos alaboradas e mais ação. Estude a possibilidade de desenhar sexo mais claramente, com closes e poses para todos os gostos.
    Eu sou louco por quadrinho pornô, pena que o mercado esteja fraco ultimamente.

    ResponderExcluir
  4. ...Zod, eu ainda não postei os três pornôs que cometi nos anos 90...

    E Turbo e Cânhamo era uma brincadeira! Não tinha a menor intenção de se ater a um gênero de história específico!
    O público-alvo era o pessoal do jornalzinho do grêmio da faculdade!

    ResponderExcluir

Elogio ou crítica? nunca censuro nada, mas... não ABUSE! hehehe